sábado, 2 de julho de 2011

RESPONSABILIDADE DE UM DOM SOBRE A SUA sub

Texto retirado do site do Sr GLADIUS
 
 
Existem várias maneiras de se explicar uma relação BDSM, mas costumo vê-las da seguinte forma: Dominador/dominado e Possuidor/posse. No primeiro caso, a prática é o foco, sendo a mais indicada para a maioria.  No segundo, é necessário se percorrer um longo caminho, para se entender o que realmente significa possuir e ser possuído.

Por outro lado, a responsabilidade de um Dominante sobre o seu parceiro, seja este uma posse completa, play partner fixo ou até mesmo eventual, é basicamente a mesma.. total
 
Na verdade, quando possuímos algo, seja lá o que for, precisamos ter consciência das necessidades que cada coisa tem para se manter em bom estado ao longo do tempo. Se isso é válido para objetos inanimados, é algo muito mais sério quando o objeto é um ser humano.
 
Nas relações do Universo BDSM sempre existe uma parte no comando e outra sendo controlada.  E a pessoa que está ali, amarrada, amordaçada e vendada, depositou sobre seu parceiro uma confiança tal que entregou a ele sua integridade física ou mesmo sua vida... Portanto, o Dominante nunca deve perder a perspectiva de que é um ser humano e merece todo o respeito.
 
É bom ter em mente também que uma das premissas mais elementares do BDSM é que nunca se deve danificar o brinquedo
Seres humanos são brinquedos especiais. E o seu valor real é medido de forma diretamente  proporcional à sua entrega e confiança. Não os compramos... nós os conquistamos e já li em algum lugar que somos responsáveis por aquilo que conquistamos.
 

2 comentários:

  1. Dom ( Por anos procuro alguém que deposite em mim tal confiança, no entanto ainda procuro, e sim somos responsaveis por aqueles que cativamos "Pequeno Principe", ainda continuo na busca por tal ser, e com certeza saberei recompensa-la quando a achar.

    ResponderExcluir
  2. Oi linda.. vim te visitar e se me permitir te seguindo aki.
    Beijos

    ResponderExcluir