segunda-feira, 3 de junho de 2013

E Ele me segura ...




E ele me segura
E me cura
De qualquer medo
De qualquer loucura...
E eu me jogo, assim
Nem olho, não penso no fim.
Eu sinto uma coragem infinita
E o que me guia: é o que faz sentido
e o que vibra forte em mim...
O amor nos dá um poder de não desistir
E eu, sigo...

Porque enquanto houver amor, os sonhos existirão
Enquanto houver sonhos, os pés seguirão
E junto com eles ,as asas, o desejo, a alegria
e a minha imaginação.
E ela me diz muitas bobagens
E me faz querer coisas que não existem
E eu, sigo...

Eu escrevo nas minhas estrelas
Eu busco pérolas no fundo do mar
Eu te desejo sorte no teu destino
E nos desatinos...

Há que se entregar, para valer a pena.
Há que se confiar, para acontecer
Compartilhar para ser feliz.
Amar como se é, para ser amor.

(Não há nada que valha a pena ser conquistado
sem ter alguém do seu lado.
Isso é o mais importante
O resto, é volátil.)

E eu?
Eu sigo...

Texto de Carolina Salcides


http://www.carolinasalcides.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário